THE CHAPELTOWN RAG | Confira a nova música do Slipknot

“The Chapeltown Rag”, primeiro single do novo álbum do Slipknot, acaba de ser lançado e já está disponível nas principais plataformas de streaming! Ouça:

Spotify
Apple Music
Pandora
Amazon Music
Deezer
iTunes
Tidal

Letra:

Read all about it if you want to know
Read all about what they want you to know

Everything is god online, and it’s as evil as it gets
This is not another trick, either follow or repent (No choice)
Get infected by a vertical event
Check the meter, check the watch
Are they ever gonna stop?
Runnin; out of daylight, nighttime’s better
But we know how to handle the truth motherfucker
Scandalous know-it-all, feedback chamber
Nobody wants the proof, they want a number

We don’t deny what is wrong with our lives
We can’t decide what is left of our right to silence our remains
Buried in the back and I’m sick and alive
Hollow as a breath, the further you dive

Oh, how I missed your honesty
You never miss with your intensity
You’re gonna need a new disguise
Vessels burst, veins release
Just slide into the nearest lie

All the ligatures are getting tight, like a style
Murder another mouth before the trial
Scalpel and then you scalp ‘em to fucking death
Kills for the other vampires and surrogates
It’s a ploy for attention and evidence
All your fucking monsters are flaws in your common sense
Do the dance while the shovels are breaking dirt
Everybody mind your fuckin business or you get hurt

We don’t deny what is wrong with our lives
We can’t decide what is left of our right to silence our remains
Buried in the back and I’m sick and alive
Hollow as a breath, the further you dive

Oh, how I missed your honesty
You never miss with your intensity
You’re gonna need a new disguise
Vessels burst, veins release
Just slide into the nearest lie

Read all about it if you want to know
(Everything is god online)
Read all about it if you want to know
(Everything is god online)
Read all about it if you want to know

Stoned like a beast on a chain lookin’ dead
Feelin’ strange, what the fuck
I’m material to sew into the stains
Like a catalogue of pain, like a martyr in restraints
I can kill with a will, and it’s stronger every day
I’m a knife, I’m a gun, I’m a slit, I’m a scar
I’m a scream, I’m a death, I’m a threat, I’m afraid
That you will never understand I’m not the same
You better call the triple 9 I want a face
That you can only recognize
I’m afraid, I’m afraid, I’m afraid, I’m afraid

When everything is god online, nothing is
When everything is god online, nothing is

A música, que será apresentada ao vivo amanhã durante o Knotfest Los Angeles (com ingressos para o streaming ainda disponíveis aqui!) leva o mesmo nome de um subúrbio em Leeds, na Inglaterra, que foi palco de alguns dos crimes do serial killer Peter Sutcliffe, que aterrorizou os moradores nos anos 70.

A inspiração para o nome da música e para a letra vem do ponto de vista que Corey teve sobre a influência da mídia no caso, já que o detetive responsável e os veículos de comunicação levaram a investigação de maneira duvidosa, colocando o foco em cima das vítimas, que de acordo com eles eram mulheres que feriam a “moral” da época, ao invés de focar apenas no criminoso.

Eles perderam tanto tempo e recursos com isso, tudo porque se recusaram a admitir que estavam errados. Como isso soa para você hoje em dia? A música mostra o Slipknot clássico e frenético, mas a letra fala sobre toda a manipulação que acontece quando as redes sociais e a mídia se encontram, e  como essa manipulação pode nos levar a lugares diferentes. O fato de que estamos viciados nisso é perigoso e preocupante.

Para Clown, esse novo álbum é um divisor de águas na carreira do Slipknot, onde eles exploraram todas as camadas da banda:

Cada álbum é uma obra de arte, um quadro que você coloca em paredes diferentes. Esse material novo é mais que o Slipknot, é música dos deuses. É como se a era de descobrimento tivesse terminado, é um ‘olá’ e uma despedida a tudo que nós éramos.

O sétimo álbum de estúdio do Slipknot ainda não tem nome ou data de lançamento confirmados, mas os fãs poderão conferir a estréia de “The Chapeltown Rag” ao vivo já nessa sexta feira (05/11) durante o Knotfest Los Angeles. O evento será transmitido mundialmente e além da performance completa do Slipknot, também conta com trechos dos shows de Killswitch Engage, Fever 333, Code Orange, Vended e Cherry Bombs. Os ingressos podem ser adquiridos pelo Veeps, por U$15 + taxas.

O Slipknot desembarca no Brasil para a primeira edição do Knotfest Brasil no dia 18/12/2022, em São Paulo. Os ingressos estão disponíveis na Eventim.