O Knotfest, festival idealizado pelo Slipknot, pode fazer uma parada bem próxima da gente em breve: São Paulo. Em entrevista para a revista Music Week, Cory Brennan – empresário da banda – contou como tudo começou e falou sobre a vontade de expandir o festival para outros lugares do mundo.

“O Knotfest começou como uma oportunidade e uma necessidade, principalmente na América do Norte. Havia o Rock on The Range, mas fora isso, não tínhamos um espaço para música pesada, estava tudo meio hipster. Não havia nada para bandas de rock em muitas partes dos Estados Unidos. Fomos em áreas que não havia competição, onde ninguém estava pensando nos fãs de lá. O primeiro foi em Omaha (Nebraska) e o segundo em Wisconsin e foi incrível.”

Corey Taylor, Cory Brennan and Shawn Crahan (Music Week)

“O Slipknot criou uma comunidade que viaja entre os países e conversa com 50, 100 mil fãs cada vez e não tem nada igual. Em 2017 e 2018 nós provamos que esse modelo funciona sem o Slipknot. O ‘A Perfect Circle’ foi o headliner de um, o Slayer de outro e depois o Avenged Sevenfold. Isso prova que as pessoas se interessam no que podemos oferecer como uma marca.”

Corey Taylor, Cory Brennan and Shawn Crahan (Music Week)

A expansão na América do Sul ganhou força com a formação da Cobra Agency Latin America – uma aliança estratégica entre a Cobra Agency, Mexico’s Basic Music e a 5B Artists + Media – que representará as edições Sul-Americanas do Festival. Brennan reforça que essa expansão do festival é uma das coisas mais importantes para o Slipknot no momento e que já está conversando com produtores sobre as edições de São Paulo e Santiago, além de edições na Rússia, África do Sul e outros países. Produtores na Alemanha e Suíça já procuraram a banda e mostraram interesse no Knotfest e a expansão deve acontecer entre 2019 e 2020.

O Knotfest existe desde 2012 e já passou pelos Estados Unidos, Japão, México, Colômbia e França. Já o “Knotfest Roadshow”, uma versão compacta do evento, viaja pelos Estados Unidos entre julho e setembro.

Fonte: Music Week
Agradecimentos: Bruno Guimarães

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *